quinta-feira, 10 de julho de 2008

E essa arbitragem hein???

Marcos comemora gol de empate com o companheiro Pet

O Galo parece ser um eterno prejudicado pela arbitragem. Aliás, esse senhor que apitou o jogo do alvinegro contra o Flamengo, o Paulo César de Oliveira (SP), já não apita mais jogos em São Paulo, já não é aceito por lá. É duro ir ao Mineirão, esperando-se ver um jogo bonito (não que o jogo tenha sido feio), um jogo honesto e se deparar com esse “digníssimo” juiz que inventou várias faltas para o Flamengo e ainda deixou de apitar várias para o Galo, que seriam chances de gol para o alvinegro.

Não estou, contudo, tentando isentar a culpa do Atlético pelo empate, até porque o time apresentou um primeiro tempo ruim e com isso o rubro-negro abriu o placar aos 16 minutos do primeiro tempo, com gol de Marcinho, ex atleticano. O Atlético ainda apresentou algumas chances no primeiro tempo, mas Danilinho desperdiçou a melhor.

Já no segundo tempo, o alvi-negro voltou disposto a virar a partida. Atacou muito e conseguiu o empate, com gol de Marcos, zagueiro. O time ainda chutou uma bola na trave. E ficou por isso mesmo. Um empate que mostrou a garra do Atlético e uma vergonhosa e medíocre arbitragem. Se continuar assim, mesmo com tanta superação, o time não vai conseguir subir na tabela. E por que? Por causa desses senhores (que prefiro me abster de chamar de juízes) que apitam os jogos do Atlético Mineiro. E o pior é que ninguém pode fazer nada.

3 comentários:

Welton ''Shiryu'' disse...

taí um negócio q já desisti.
de reclamar de arbitragem.
decisão de juiz não volta atrás, não adianta.

Яoьεяτα disse...

Ahhhhhhhhhhh...
Mas quando sou eu que falo que o juiz isso e o juiz aquilo todo mundo diz que é choro né?

RS

Cacá BH disse...

roberta, é que esse lance de arbitragem, cada um puxa a sardinha para o seu lado neh...
é dose, tah ruim pra todo lado....