quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Fifa dá sinal verde para tecnologia no futebol

fifa-

International Board da Fifa, que realizou nesta quarta-feira, 20, sua Assembleia Anual no País de Gales, autorizou a utilização da tecnologia no futebol, mas apenas para solucionar lances duvidosos na linha do gol e determinar se a bola entrou ou não.

A International Board detalhou que o sistema empregado tem que ser 100% confiável, e que a confirmação da decisão final deve ser ratificada em um segundo e comunicada exclusivamente aos árbitros do confronto.

No final do mês de novembro, termina o prazo para as empresas que desejarem apresentar seus projetos tecnológicos à Fifa.

Depois de muita resistência por parte da entidade, a implementação da tecnologia no futebol tornou-se tema de debate
depois de vários erros de arbitragem na Copa do Mundo da África do Sul, entre eles o gol não concedido ao inglês Frank Lampard na partida contra a Alemanha, pelas oitavas de final.

O assunto será transferido para a Junta Geral Ordinária da International Board, o único fórum em que podem ser feitas
remodelações das regras de jogo. Sua próxima reunião, que será a de número 125, está prevista para os dias 4, 5 e 6 de março de 2011, também no País de Gales.

5 comentários:

Thainá Vivas disse...

Até que enfim!
O homem sempre está buscando solucionar problemas e avançamos muito tecnologicamente... então porque não fazer uso da tecnologia no esporte mais amado do planeta? Fala sério! Até que enfim!!!! \o/

Í.ta** disse...

até que enfim, também acho.

de pouco em pouco a zona vai sendo organizada, 'cês não acham?

mas tá longe de ficar boa...

New disse...

Oiêee, meninos!
Concordo também. Já não era sem tempo que o futebol evoluísse um pouco. Ficar na mão só de árbitros, por exemplo, é ulttapassado.
Beijos

Rafaela Andrade disse...

É um assunto polêmico, mas os árbitros estão muito ruins!!! Demais!!!
Tomara que dê certo!!!

http://apenasumpontoesportivo.blogspot.com/
http://apenasumponto.blogspot.com/

Saulo disse...

Já está na hora mesmo dessa tecnologia.