terça-feira, 24 de março de 2009

De vestido, não!

image

Sem comentários, certo? Prá mim, esse técnico não passa de uma besta.

Enfim, ele merecia sentir o pesa da burrada que  fez. Idiotas, preconceituosos  e ignorantes devem ser  cortados do esporte. 

A OAB condena o uso de camisola rosa nos treinos do Figueirense, em Florianópolis (SC). "As mesmas regras de respeito à dignidade da pessoa humana que se aplicam aos trabalhadores brasileiros também são destinadas aos jogadores de futebol".  A afirmação é do presidente nacional da Ordem, Cezar Britto, ao condenar a punição nada convencional adotada pelo técnico do time de futebol do Figueirense (SC), Roberto Fernandes.

Ele instituiu que o jogador que treina mal é obrigado a fazer as atividades do dia seguinte vestindo uma camisola cor de rosa sobre o fardamento de treinamentos. A punição foi, aparentemente, chancelada pela diretoria do clube.

Para o presidente nacional da OAB, a humilhação pública, mesclada com o preconceito, não pode ser entendida como uma atitude normal ou corriqueira do dia-a-dia de uma categoria profissional, ainda que seja no ambiente informal dos campos de futebol.

Britto avalia que há "evidente abuso moral, que pode se caracterizar como crime". Ele refere também que "são humilhações como essa, principalmente quando se trata de futebol, que projetam o Brasil como país que não cumpre com a sua própria legislação".

A primeira vítima do constrangimento foi o meia Jairo. No treino da última quarta-feira, ele entrou em campo vestindo a camisola rosa em cima do convencional calção preto e a camisa amarela do time. A peça do vestuário feminino trazia a figura de uma boneca no peito.

By: Espaço Vital.

4 comentários:

Jacke disse...

Mas tava na cara que essa palhaçada terminaria em merda neh?!

Agora o tecnico, se é que podemos chamar esse palhaço de tecnico, pode pegar a camisolinha, que certamente ele roubou de sua esposa, dobrar bem dobradinha e tuchar naquele lugar.

Welton Nogueira disse...

já postei sobre o assunto.
mas, tem jogador q aprovaria a ideia.

Яoьεяτα disse...

Eu sinceramente acho muito barulho por nada.
No caso é camisola, mas poderia ser uma fita verde amarrada no braço. Se continuar assim vão ter que proibir a brincadeira de bobinho ou todas as "prendas" que alguém tem que pagar por perder uma certa brincadeira.
Em alguns clubes jogador que chega atrasado paga multa pra caixinha dos jogadores.
Ahhhh para neh...

Tathy Panziera disse...

Eu concordo com a Roberta. Muito barulho por nada. E tem mais, a partir do momento que a "brincadeira" foi proposta o Jairo tinha o direito de recusar. Afinal, somos todos livres. Ele topou né? Então...